Ao remate de um outro curso...

 

O Lume novo deu começo ao período estival (Lume Novo Corunha, Lume Novo Lugo), tempo no que os movimentos deveriam/mos aproveitar para tirar de reflexom, autocritica e (re)situarmo-nos as nossas estrategias comúns contra o monstruo do Capital.

Nesta linha autoreflexiva desde o colectivo editorial deste CMI Galiza gostaríamos de salientar de novo o principio e fim colectivo deste medio. Quereríamos voltar a lançar a palavra da acçom constructiva para fazer de esta ferramenta de movimento umha auténtica `maquina de guerra ingovernável´ desde onde construir os media abaixo e a esquerda.

Tem sido este curso político um ano de emergência de novas formas de agregaçom e autoorganizaçom política que vam desde a consolidaçom de umha nova geraçom de Centros e Locais Socias até a organizaçom horizontal de precarias .

Pero um ano também de plasmaçom da vigência das luitas populares .

Feita a pequena reflexom propria fica estar atentas aos momentos de movilizaçom que podem vir no verao e aos tempos de autoformaçom que desde os movimentos se prevém celebrar. Desde o CMI Galiza anunciamos para o verao um momento de juntança e trabalho para todas aquelas que estejam interesadas em fazer parte de este projecto. Quando tenhamos máis datos, anunciaremos o evento.

O Lume novo deu começo ao período estival (Lume Novo Corunha, Lume Novo Lugo), tempo no que os movimentos deveriam/mos aproveitar para tirar de reflexom, autocritica e (re)situarmo-nos as nossas estrategias comúns contra o monstruo do Capital.

Nesta linha autoreflexiva desde o colectivo editorial deste CMI Galiza gostaríamos de salientar de novo o principio e fim colectivo deste medio. Quereríamos voltar a lançar a palavra da acçom constructiva para fazer de esta ferramenta de movimento umha auténtica `maquina de guerra ingovernável´ desde onde construir os media abaixo e a esquerda.

Tem sido este curso político um ano de emergência de novas formas de agregaçom e autoorganizaçom política que vam desde a consolidaçom de umha nova geraçom de Centros e Locais Socias até a organizaçom horizontal de precarias .

Pero um ano também de plasmaçom da vigência das luitas populares .

Feita a pequena reflexom propria fica estar atentas aos momentos de movilizaçom que podem vir no verao e aos tempos de autoformaçom que desde os movimentos se prevém celebrar. Desde o CMI Galiza anunciamos para o verao um momento de juntança e trabalho para todas aquelas que estejam interesadas em fazer parte de este projecto. Quando tenhamos máis datos, anunciaremos o evento.

homepage:: http://galiza.indymedia.org read more: http://galiza.indymedia.org/gz/2007/07/11675.shtml

add a comment on this article